Page 2 of 7

IV Jornadas de la AEAOF y IX Reunión SOFIA

Nos dias 19 e 20 de Novembro de 2017 em la Rabia (huelva, Espanha) vai ter lugar as IV Jornadas de la Asociación Española de Antropología y Odontología Forense (AEAOF) y IX Reunión de la Sociedad de Odontoestomatólogos Forenses Iberoamericanos (SOFIA).

 

Mais informações sobre o evento podem ser consultadas: http://www.aeaof.com/web/blog/dossier-la-rabida.pdf

 

Entrevista a Miguel Botella

A entrevista com Miguel Botella, um investigador com quase 50 anos de trabalho em diferentes contextos, ressalva que o trabalho com equipas pluridisciplinares é essencial para que os casos de Antropologia Forense sejam resolvidos com sucesso.

Miguel C. Botella: «Tenemos la mayor colección de esqueletos de niños del mundo»

 

 

The 2nd Annual Conference of the International Association of Law and Forensic Sciences

From 17th to 19th January, Calil Makhoul, a PhD Candidate of the Laboratory of Forensic Anthropology, belonging to the Centre for Functional Ecology, of the Life Sciences Department in the University of Coimbra presented a communication about his research entitled “Individualization of Experimentally Burned Human Remains through Vibrational Spectroscopy: a Pilot Study” in The 2nd Annual Conference of the International Association of Law and Forensic Science in Cairo, Egipto.

De 17 a 19 de Janeiro de 2017, decorreu no Cairo, The 2nd Annual Conference of the International Association of Law and Forensic Sciences e contou com a participação de Calil Makhoul , estudante de doutoramento em Antropologia Forense e investigador do Centro de Ecologia Funcional. Calil apresentou uma comunicação oral sobre o seu projeto de Doutoramento intitulado: “Individualization of Experimentally Burned Human Remains through Vibrational Spectroscopy: a Pilot Study”.

O primeiro cemitério forense Europeu

Na Holanda vai ser criado o primeiro cemitério Forense, onde vão ser conduzidas diferentes pesquisas sobre a tempo decorrido desde a morte, a tafonomia e decomposição.

À semelhança do que acontece nos Estados Unidos, onde existem 6 “Body Farms”, o material de estudo serão corpos doados à ciência.

Mais informação.

 

« Older posts Newer posts »